COMPARTILHE

RELATÓRIO COMPLETO

DOWNLOAD

INFOGRÁFICO

DOWNLOAD

COPA LIBERTADORES 2017

SOCIAL MEDIA REPORT

/ COMPARTILHE

/ SOCIAL MEDIA REPORT | COPA LIBERTADORES 2017

17 MAR 2017 | IGOAL INSIGHTS

Nas redes sociais a Libertadores já tem seu campeão, e é brasileiro.

O Social Media Report traz o levantamento da presença nas redes sociais dos 32 clubes participantes da mais tradicional e importante competição da América do Sul. São 85 milhões de fãs divididos entre as principais redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube). Com 62% do total, o Facebook consolida-se como a plataforma mais seguida e o YouTube apresenta os menores números para todos os participantes. 14 dos 32 clubes possuem mais de 1 milhão de seguidores.

Com participação de 20% (17,3 milhões) no total de seguidores, o Flamengo apresenta-se como o clube com maior presença digital entre os participantes da atual edição da Copa Libertadores.

A liderança em 3 das 4 redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), assim como a diferença de mais de 6 milhões de seguidores para o segundo colocado evidenciam o domínio da equipe brasileira e tornam indiscutível seu 1º lugar no ranking. 

Flamengo tem a maior presença digital

Domínio brasileiro

Os clubes brasileiros dominam o top 10 com 7 aparições. O número de seguidores dos 8 clubes do país representa 60% (51 milhões) do total. Além do líder Flamengo, destaques para o Palmeiras que possui o canal com mais inscritos no YouTube (529 mil) e para a 6ª posição geral da Chapecoense (5,6 milhões), debutante na competição continental e à frente de clubes como Grêmio, Atlético Mineiro e Botafogo. 

Colômbia e Equador superam a Argentina

Na média de seguidores por país, Colômbia e Equador aparecem, respectivamente, em segundo e terceiros lugares. Colombianos impulsionados pelo número de seguidores de Atlético Nacional, 3º no ranking geral (8,1 milhões), e equatorianos pelos seguidores do Barcelona de Guayaquil, 8º no ranking geral (4,7 milhões). A Argentina apresenta a 4ª maior média de seguidores por país, demonstrando o contraste entre a grande presença digital do River Plate, 2º no ranking geral (10,9 milhões), e o baixo número de seguidores de outros clubes argentinos como Godoy Cruz, Atlético Tucumán e Lanús, todos com menos de 200 mil seguidores.

"A presença online dos clubes de futebol é imprescindível para o atendimento das necessidades dos consumidores que estão, a cada dia mais, presentes no ambiente digital e que se expressam através de suas redes sociais. A geração de conteúdo de qualidade potencializa o relacionamento entre clubes e fãs, gerando mais interação, engajamento e novas oportunidades de negócio."

TOP 10 | Total de Seguidores

 

/ ASSINE NOSSA NEWSLETTER